As feiras em Espanha

Foto Feira de SevilhaJá começa a temporada das feiras em Espanha. É impossível falar de todas elas, por isso vou falando de algumas especialmente algumas da zona onde vivo (Província de Cádis).

Para nós uma feira não é grande coisa, pensamos em comer e beber e dar uma voltinha nos carrinhos de choque.

Em Espanha as feiras são realmente de muita importância

Aqui é muito diferente, as feiras são muito sérias. Para que tenham uma ideia, toda a família tem de levar os trajes típicos da zona. Os trajes que tipicamente conhecemos como as “sevilhanas” ou flamengos… Quanto mais original melhor! Ah! e um detalhe, é de muito mau gosto repetir a fatiota de uns anos para outros por isso vai-se fazendo colecção deste guarda-roupa. Em alguns casos podem-se ir recuperando por outras gerações, mas normalmente as meninas já não querem os vestidos das mães e das avós. Normalmente todos os vestidos e trajes são feitos à medida, e custam entre uns 300€ os mais baratos, normalmente compram-se os de 500/600€ , mas existem vestidos de 4 ou 5 mil Euros, depende do que se queira gastar.

Depois da fatiota vem a festa do bom comer e beber

A maioria das casinhas conhecidas como “casetas” são privadas, ou seja são só para sócios de cada associação. Quem não é sócio não pode frequentar, nem beber, nem bailar nessa caseta. Mas existem algumas que são públicas onde qualquer pessoa pode comer beber e fazer a festa.

Os grandes aficionados que fazem parte destas associações são pessoas que gostam da tradição e da festa e passam a semana inteira na festa bailando e fazendo passarela de  um ou dois trajes / vestidos. Se tens cavalos e coche melhor, levas toda a família a passear pela feira de coche de cavalo, e isso sim senhor é um luxo. Não é para qualquer um. Aqui a ideia é ostentar tudo o que se tem e mais. Até o que não se tem.

Também é a festa dos touros, temos de ir ver a corrida de touros e depois celebrar a matança. Uma festa onde não há igual no mundo.  Recomendo a qualquer um que ainda não tenha visto, vais adorar como estas gentes são tão especiais e cheias de cultura regional. Eles sabem valorar o seu país e a sua cultura. Nós portugueses nesse aspecto deixamos muito a desejar, se bem que acho que pouco a pouco a coisa está a melhorar.

Feiras de Espanha:Sevilhanas

Fazendo contas à vida

Entre o traje e os vestidos para a mulher e para os filhos,  e o comer e beber fora a semana inteira a soma rapidamente rebenta com a carteira de qualquer um.  Mas para que é que inventaram os Bancos? Claro para estas coisas, para que o que não tem também possa ter.  Então aqui é mais que natural pedir um empréstimo de 10 ou 15 mil euros ao Banco para ir para a festa. Nem todos, os mais pobres só pedem uns 3000 €.

Pedir empréstimo para uma borga deste tipo é  impensável para um português… Eu podia viver aqui 200 anos que não mudaria a forma de pensar.  Mas de qualquer  forma se reflectimos bem os espanhóis são capazes de ter razão, se gastamos 3000 Euros para ir comer e beber de ferias para as Caraíbas, porquê não gastar numa feira aqui ao pé de casa??

Pensando bem é a mesma coisa… Eu é que não gosto de pedir empréstimos para artigos que não são de primeira necessidade.

Sobre Valter Barbio
Especialista SEO, posicionamiento web en Google para Pymes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: